Publicado em 06/02/19 às 14h16

 NOTA DE SOLIDARIEDADE


De: Ciro Leite Mendes - Diretor Presidente da Associação de Medicina Intensiva Brasileira e demais membros da diretoria executiva da gestão 2018-2019

À Dra. Débora Breckenfeld Heibel - Presidente da Sociedade Amazonense de Terapia Intensiva e demais intensivistas amazonenses.


Cara Presidente,

A Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB) vem a público prestar os mais sinceros votos de solidariedade aos colegas intensivistas do Estado do Amazonas, prestadores de serviços na rede hospitalar, por meio da Secretaria de Saúde do Estado do Amazonas. Causou-nos muita preocupação e assombro o fato de que médicos e outros profissionais de saúde se encontram sem recebimento de seus honorários há quatro meses.

Em relação aos médicos, particularmente, cabe destacar o que reza o Código de Ética Médica no Inciso III do capítulo que trata dos direitos fundamentais: “…para exercer a Medicina com honra e dignidade, o médico necessita ter boas condições de trabalho e ser remunerado de forma justa." Atraso salarial é o oposto do previsto nesse fundamento e fere a dignidade do profissional, desestabiliza-o emocionalmente e pode refletir no atendimento aos pacientes.

A AMIB, como associação representativa dos intensivistas de todo Brasil, contempla a defesa profissional como uma das suas vertentes de atuação mais importantes e faz questão de se solidarizar, não só com os intensivistas, mas com todos os médicos e demais profissionais de saúde prejudicados.

Finalmente, colocamo-nos à disposição para atender a quaisquer demandas a nós direcionadas.

Atenciosamente,

Ciro Leite Mendes

Diretor Presidente da AMIB

Gestão 2018-2019

55 11 5089-2642
Rua Arminda, 93, sétimo andar – Vila Olímpia São Paulo, SP CEP: 04545-100