Publicado em 10/05/18 às 09h43

Curso AMIB atende à nova Resolução do CFM

O Curso para Determinação de Morte Encefálica - CDME é mais uma novidade da AMIB para a atualização em Terapia Intensiva. A formação se propõe a atender à Resolução 2.173/17 do Conselho Federal de Medicina que prevê que intensivistas poderão realizar o diagnóstico de morte encefálica.

“Grande parte dos pacientes com morte cerebral estão em leitos de UTI. A mudança prevista na resolução representa também um grande avanço para a doação de órgãos, pois agiliza os processos de doação” comenta o presidente do Comitê de Doação de Órgãos para Transplantes da AMIB, Glauco Westphal. Para a AMIB, o intensivista tem papel fundamental para que a doação de órgãos seja potencializada no Brasil. É dele o papel de estimular a notificação de potenciais doadores às centrais estaduais de transplantes e promover a boa comunicação com a família enlutada.

O CDME acontecerá no dia 30 de maio, na sede da AMIB em São Paulo, ministrada pelo membro do Comitê de Doação de Órgãos, o intensivista e neurologista Luiz Antônio da Costa Sardinha.

“Com a nova legislação para diagnóstico de morte encefálica, se faz necessária a capacitação profissional. O curso foi idealizado pelo Comitê, é totalmente baseado no Decreto nº 9.175, de outubro de 2017 e na Resolução 2.173/17 e pretende habilitar o intensivista nos exames clínicos para diagnóstico, indicação do melhor exame complementar, auxiliar e esclarecer dúvidas sobre a manutenção do potencial doador e discutir casos de difícil resolução e particularidades no diagnóstico” comenta o coordenador do curso, Dr. Sardinha.

Não deixe de se inscrever na primeira edição do CDME, que está com valores promocionais de lançamento até 10/05. Saiba mais e inscreva-se no link.

AGENDE-SE
55 11 5089-2642
Rua Arminda, 93, sétimo andar – Vila Olímpia São Paulo, SP CEP: 04545-100