Publicado em 30/07/18 às 11h50

Comissão de Defesa Profissional da AMIB: ações dos primeiros 180 dias

Ao completarmos 180 dias na presidência da Comissão de Ética e Defesa Profissional da AMIB, consta no nosso balanço de ações a participação em inúmeras reuniões na Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS, na Associação de Medicina Brasileira – AMB e no Conselho Federal de Medicina – CFM, cujos contatos e novos conhecimentos nos permitiram dar algumas respostas e soluções para algumas dezenas de questionamentos de nossos associados de todo o Brasil. Dentre esses, destacamos o que faz referência à Portaria 895, quando contamos com o empenho do secretário geral da AMIB, Dr. Marcelo Maia, junto à Vigilância Sanitária, cuja ação resultou na suspensão de demissões de médicos intensivistas, sobretudo no estado do Mato Grosso, onde o problema foi inicialmente reclamado.

Outra demanda, essa vinda do Sul do País, fez referência à impossibilidade de cobrança de atos médicos intensivistas, principalmente referente à US beira leito. Enviamos documentação à AMB sobre esse pleito dos médicos intensivistas de todo o Brasil, que culminou com a nossa primeira participação na câmara Técnica da Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos - CBHPM da AMB, em que iniciamos o processo de inclusão desses procedimentos no rol da ANS. Esse assunto será retomado no segundo semestre, na próxima reunião da defesa profissional da AMB, agendada para agosto de 2018.

Também realizamos a primeira reunião presencial dos membros da comissão da defesa profissional na sede da AMIB, quando concluímos o nosso Regimento Interno, que, por motivos alheios à nossa vontade, não pode ser apresentado na primeira assembleia de representantes de 2018.

Nessa reunião colocamos entre as metas a modernização da nossa página no site da AMIB, tornando-a mais interativa e permitindo uma maior aproximação entre a defesa profissional e nossos associados, que já está em andamento e programamos diversas metas relacionadas ao estreitamento de nossas relações governamentais e demonstrar a efetiva relevância da especialidade para diversos setores da sociedade.

Termino lembrando que na nossa missão, enquanto Associação de Medicina Intensiva Brasileira, está a Formação e a Defesa Profissional, é por isso que essa comissão aproveita a data simbólica que marca 180 dias de gestão para prestar contas.


Saudações intensivistas,


Joel Tavares Passos

Presidente da Comissão de Ética e Defesa Profissional da AMIB – Gestão 2018-2019


Caso tenha dúvidas ou sugestões, acesse a página da Comissão de Defesa clicando no link.



55 11 5089-2642
Rua Arminda, 93, sétimo andar – Vila Olímpia São Paulo, SP CEP: 04545-100