Publicado em 16/10/18 às 09h56

AMIBnet apoia estudo internacional sobre uso de CNAF em pediatria

A AMIBnet, rede de cooperação em pesquisa clínica entre intensivistas brasileiros coordenada pela AMIB, está apoiando um estudo internacional sobre as práticas clínicas envolvendo a Cânula Nasal de Alto Fluxo (CNAF) nas UTIs pediátricas ao redor do mundo.

Trata-se de um estudo com origem no Canadá e Reino Unido, intitulado Uso de cânula nasal aquecida e umidificada com alto fluxo em crianças gravemente enfermas: uma pesquisa de inquérito internacional”.

“A CNAF é uma tecnologia relativamente recente para o tratamento de falência respiratória aguda, cuja utilização está aumentando nas UTIs pediátricas ao redor do mundo para as mais diversas situações que envolvam desconforto respiratório agudo como bronquiolite, asma, pneumonia, pós-extubação, pós-operatório e outras”, comenta Dr. José Colleti Junior, pesquisador responsável pelo estudo no Brasil.

Além do Dr. José Colleti Junior, intensivista no Hospital Santa Catarina, em São Paulo, os pesquisadores responsáveis pelo estudo em outros países são os intensivistas Atsushi Kawaguchi, da University of Alberta, e Daniel Garros, da University of Alberta, no Canadá, além de Padmanabhan Ramnarayan, do St Mary's Hospital, no Reino Unido.

O estudo, além de mostrar o perfil de uso do dispositivo, poderá servir de base para elaboração de protocolos e diretrizes sobre o uso clínico da CNAF.

A AMIB convida a todos os médicos intensivistas pediatras a contribuírem, compartilhando suas práticas clínicas relativas à utilização da CNAF por meio do questionário que pode ser acessado clicando no link.

55 11 5089-2642
Rua Arminda, 93, sétimo andar – Vila Olímpia São Paulo, SP CEP: 04545-100