Com o desenvolvimento da Sociedade multiplicaram-se os eventos científicos na área e o número de profissionais dedicados à prática da especialidade. Dessa forma, surgia a necessidade de reconhecer esses profissionais validando sua prática através do Título de Especialista em Medicina Intensiva enquanto a mesma ainda era uma área de atuação da Clínica Médica. 

 

              A AMIB firmou convênio com Associação Médica Brasileira (AMB) em 1981, sendo a única associação autorizada no Brasil a realizar a prova de título de especialista em Medicina Intensiva. O primeiro concurso do Título de Especialista aconteceu em 1982

 

             A partir de 2009, houve uma importante reformulação no certame com o objetivo de adequa-lo para avaliar candidatos com o expertise atualizado correspondendo de forma segura à demanda de uma especialidade cada vez mais complexa e importante no cenário da medicina moderna. O certame passou a incluir uma fase prática, oferecendo a oportunidade de avaliação não somente do conhecimento científico através da fase teórica mas também de habilidades práticas em estações de simulação realística e avaliação de atitudes através de casos clínicos.

 

  1. MISSÃO DA COMISSÃO TEMI

 

“Reconhecer e Titular o Médico especialista em Medicina intensiva”

 

  1. O MÉDICO INTENSIVISTA 

 

            A prova de título em Medicina Intensiva procura reconhecer e titular aqueles profissionais que possuem as competências necessárias à prática tecnicamente competente e eticamente responsável da especialidade no Brasil.


55 11 5089-2642
Rua Arminda, 93, sétimo andar – Vila Olímpia São Paulo, SP CEP: 04545-100